ALERTA GLOBAL sobre fórmula infantil contaminada

ALERTA GLOBAL sobre fórmula infantil contaminada na França distribuído para 41 países!

13 DE DEZEMBRO DE 2017

Aproximadamente 700 toneladas de produtos para alimentação infantil, que foram produzidos desde fevereiro de 2017, incluindo leite em pó infantil da marca “Lactalis” estão contaminados por salmonela na França. Por volta de 600 lotes de produtos para a alimentação infantil foram exportados para 41 países, de acordo com a lista disponível no site RASFF da União Européia
( https://webgate.ec.europa.eu/rasff-window/portal/index.cfm?event=notificationDetail&NOTIF_REFERENCE=2017.2095 ) são os seguintes os países com formulas infantis contaminadas provenientes da França: Afeganistão, Argélia, Andorra, Arábia Saudita, Bahrein, Bangladesh, Burkina Faso, Camarão, Camboja, China, Colombia, Congo, Costo do Marfim, Emirados Arábes, Espanha, França, Gabão, Georgia, Grã-Bretanha, Grécia, Guinea, Haiti, Holanda, Hong Kong, Iemem, Iraque, Líbano, Madagascar, Mali, Marrocos, Paquistão, Paraguai, Peru, Qatar, República Checa, Romênia, Seicheles, Sérvia, Sudão, Suiça, Taiwan, Togo, Turquia, Ucrânia e Vietnam.

 

Todos os estoques de leite da Lactalis devem ser devolvidos a fábrica para serem destruídos. Desta forma nenhum produto da Lactalis poderá ser consumido ou exportado para nenhum país.

Desde 1 de dezembro de 2017, 26 bebês já foram hospitalizados na França devido ao uso de fórmula infantil contaminada, com sintomas como diarreia, náusea e vômito, causado por bactéria provindas dos animais na fazenda.

O tipo de bactéria encontrado nas formulas infantis contaminadas é a salmonella agona que pode causar desde gastroenterite, septicemia e até meningite. Sem dúvida alguma, a contaminação de fórmulas infantis podem causar um quadro de intoxicação alimentar com consequências graves principalmente na saúde de bebês e crianças pequenas.

Devido à gravidade para a saúde pública, 12 marcas de leites infantis produzidos pela fábrica francesa foram retiradas do mercado na França e em vários países. Além disso a fábrica Lactalis foi fechada e só será aberta após ações corretivas e investigações sobre a contaminação dos leites.

Os escândalos de contaminação de formulas infantis por bactérias como salmonella e Escherichia coli, bem como a contaminação por Enterobacter sakazakii não são raros. Consequentemente, a contaminação de formula infantil por micro organismos vem recebendo crescente atenção por agências internacionais como a Organização Mundial de Saúde e no Brasil pelo Ministério da Saúde e ANVISA no que diz respeito à rotulagem obrigatória dos leites infantis, que devem estar de acordo com a Lei 11.265/2006 (sobre a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância e de produtos de puericultura correlatos), com recomendações sobre os riscos do preparo inadequado de fórmulas infantis, instruções para a correta preparação e medidas de higiene, bem como a dosagem para diluição adequada.

Todavia, vale ressaltar que nenhuma fórmula infantil seja no mercado de outros países como também no Brasil é estéril, ou seja, existem riscos frequentes do leite infantil ser contaminado desde a procedência da fazenda, na produção, na embalagem do produto até a preparação do leite infantil em casa. Por outro lado, considerando a superioridade nutricional do leite materno e as propriedades de proteção contra infecções principalmente do trato gastrointestinal e respiratório, além dos efeitos positivos de longo prazo para prevenir a obesidade infantil e doenças crônicas, pode-se afirmar que o leite materno é o alimento perfeito para bebês e crianças pequenas seja em países desenvolvidos ou em desenvolvimento. Portanto, baseando-se em evidências científicas, o Ministério da Saúde recomenda a amamentação por dois anos ou mais sendo o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida da criança como a forma ideal e segura para a alimentação infantil.

Esse é um alerta para promover a #amamentação como parte da alimentação saudável de bebês e crianças pequenas!!!

Mais informações sobre o escândalo global da contaminação de leites infantis na França acesse:

https://g1.globo.com/economia/noticia/leite-infantil-do-grupo-lactalis-e-retirado-dos-mercados-por-risco-de-salmonela.ghtml

http://www.telegraph.co.uk/news/2017/12/11/millions-lactalis-baby-milk-products-worldwide-recall-salmonella/

http://solidarites-sante.gouv.fr/IMG/pdf/liste_des_references_lns_concernees_par_le_retrait-rappel.pdf