PUBLICAÇÕES IBFAN


 

FAZENDO A DIFERENÇA – UM RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DA INICIATIVA MUNDIAL SOBRE TENDÊNCIAS DA AMAMENTAÇÃO (WBTI) NA MOBILIZAÇÃO DE AÇÕES NACIONAIS SOBRE AMAMENTAÇÃO E IYCF: 2020

(Making A Difference – An Evaluation Report of the World Breastfeeding Trends Initiative (WBTi) in Mobilising National Actions on Breastfeeding and IYCF: 2020)

 
WBTi/IBFAN/BPNI
JUNHO 2020

 
DOWNLOAD
 

A Iniciativa Mundial sobre Tendências em Amamentação (WBTi) auxilia os países a avaliar e monitorar o status e a avaliar o progresso na implementação da Estratégia Global de maneira padrão. O WBTi baseia-se na “Ferramenta para avaliação nacional de políticas e programas da OMS sobre alimentação de bebês e crianças pequenas” e “mede dez parâmetros de políticas e programas que protegem, promovem e apóiam práticas ótimas de alimentação de bebês e crianças pequenas (IYCF). Ele identifica lacunas e apela aos governos para colmatar essas lacunas. O WBTi mantém um Repositório Global de Dados das políticas e programas em 98 países.


 

RELATÓRIO 2020 SOBRE O CÓDIGO INTERNACIONAL DE COMERCIALIZAÇÃO DE SUBSTITUTOS DO LEITE MATERNO

(Marketing of breast milk substitutes: national implementation of the international code, status report 2020)

 
OMS/UNICEF/IBFAN
MAIO 2020

 
DOWNLOAD
 

A pandemia do COVID-19 mostra a importância de proteger a nutrição ideal, incluindo a amamentação, para melhorar a saúde e a sobrevivência infantil. As empresas de alimentos para bebês estão explorando o pânico e o medo do contágio ao intensificar suas práticas agressivas de marketing. Nesse contexto, a ação do governo para regular a comercialização de substitutos do leite materno nunca foi tão necessária.
O Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno e as 19 Resoluções subsequentes relevantes da Assembléia Mundial da Saúde (“O Código”) são importantes salvaguardas legais contra práticas da indústria que prejudicam a amamentação.



 
RELATÓRIO DO XV ENAM, V ENACS, 3RD WBC E 1ST WCFC: “AMAMENTAÇÃO E ALIMENTAÇÃO COMPLEMENTAR SAUDÁVEL: DIREITOS HUMANOS A SEREM PROTEGIDOS PARA A VIDA” – 2019
 
MARÇO 2020
 
DOWNLOAD: PORTUGUÊS | INGLÊS
 
Relatório do XV Encontro Nacional de Aleitamento Materno (XV ENAM), V Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (V ENACS), III Conferência Mundial de Aleitamento Materno (3rd WBC) e I Conferência Mundial de Alimentação Complementar (1st WCFC): “Amamentação e Alimentação Complementar Saudável: Direitos Humanos a Serem Protegidos Para a Vida” – Rio de Janeiro, Brasil, de 11 a 15 de novembro de 2019. Os eventos foram precedidos pelo ato público conhecido como “Mil Mães Amamentando”, no dia 11 de novembro.


 
ANAIS DO XV ENAM, V ENACS, 3RD WBC E 1ST WCFC: “AMAMENTAÇÃO E ALIMENTAÇÃO COMPLEMENTAR SAUDÁVEL: DIREITOS HUMANOS A SEREM PROTEGIDOS PARA A VIDA” – 2019
 
JANEIRO 2020
 
DOWNLOAD
 
Anais do XV Encontro Nacional de Aleitamento Materno (XV ENAM), V Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (V ENACS), III Conferência Mundial de Aleitamento Materno (3rd WBC) e I Conferência Mundial de Alimentação Complementar (1st WCFC): “Amamentação e Alimentação Complementar Saudável: Direitos Humanos a Serem Protegidos Para a Vida” – Rio de Janeiro, Brasil, de 11 a 15 de novembro de 2019. Os eventos foram precedidos pelo ato público conhecido como “Mil Mães Amamentando”, no dia 11 de novembro.

INICIATIVA MUNDIAL SOBRE TENDÊNCIAS DO ALEITAMENTO MATERNO (WBTi) – BRASIL
 
2014
 
DOWNLOAD
 
A OMS e o UNICEF desenvolveram em conjunto a Estratégia Global para a Alimentação de Lactentes e Crianças de Primeira Infância (EG) em 2002 visando reafirmar as quatro metas da Declaração de Innocenti de 1995 e outros novos objetivos. A EG identificou claramente a necessidade de praticar a “alimentação ótima” para reduzir a desnutrição e a pobreza. A EG se baseia num enfoque de direitos humanos e faz um chamado para que se desenvolvam políticas integrais para a alimentação de lactentes e de crianças pequenas. É um plano amplo e abrangente com múltiplas ações interligadas para proteger, promover e apoiar o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses, seguido da amamentação concomitante a uma alimentação
complementar adequada e apropriada a partir de alimentos locais, dos 6 meses até 2 anos ou mais.


 
ESTRATÉGIA GLOBAL PARA A ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES E CRIANÇAS DE PRIMEIRA INFÂNCIA
 
SETEMBRO 2005
 
DOWNLOAD
 
A OMS e o UNICEF desenvolveram conjuntamente a Estratégia Global para a Alimentação de Lactentes e Crianças de Primeira Infância para revitalizar a atenção do mundo sobre o impacto que as práticas alimentares têm no estado nutricional, crescimento e desenvolvimento, saúde, e na própria sobrevivência dessas crianças. A Estratégia Global tem como base as evidências da importância da nutrição nos primeiros meses e anos de vida e do papel crucial que as práticas alimentares apropriadas desempenham no alcance de resultados ótimos de saúde. A falta de amamentação – e especialmente a falta de aleitamento materno exclusivo durante os primeiros seis meses de vida – constituem importantes fatores de risco para a morbidade e mortalidade infantis, que apenas são combinadas com uma alimentação complementar inadequada. O impacto durante toda a vida inclui o fraco desempenho escolar, a produtividade diminuída e o desenvolvimento intelectual e social prejudicados.

 
ALIMENTOS PARA CRIANÇAS DE ATÉ 3 ANOS, BICOS, CHUPETAS E MAMADEIRAS CARTILHA INFORMATIVA:
A IMPORTÂNCIA DA NBCAL E DA LEI 11.265/2006
 
2007
 
DOWNLOAD
 
Uma das importantes conquistas brasileiras no campo da proteção à amamentação foi regular, por meio da “Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras” (NBCAL) e Lei 11.265/2006, as práticas de propaganda e marketing das indústrias de alimentos, mamadeiras e bicos e, em especial, impedir a agressividade mercadológica na promoção dos seus produtos. Pretende-se, com a edição desta cartilha, que a NBCAL seja um instrumento de uso cotidiano de todos os cidadãos brasileiros, para assegurar que as crianças pequenas obtenham proteção legal e social contra o perigoso desmame precoce e suas nefastas consequências.


 
DECLARAÇÃO DE INNOCENTI
 
1990 / 2005
 
DOWNLOAD
 
Em 1990, a Declaração de Innocenti sobre a Proteção, Promoção e Apoio ao Aleitamento Materno, definiu uma agenda internacional com metas ambiciosas para a ação.
No encontro de Florença, Itália, em julho do mesmo ano, as decisões políticas dos governos de mais de 30 países aprovaram a Declaração, que mais tarde foi aprovada pela 45ª Assembleia Mundial da Saúde e pelo Conselho Executivo da UNICEF.
A Declaração de Innocenti reflete tanto o espírito do apoio que vinha a ser dado ao aleitamento materno, como o direito da criança a uma alimentação nutritiva consagrado na Convenção sobre os Direitos da Criança.


 
MANUAL DO CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MONITORAMENTO DA NBCAL
 
2007
 
DOWNLOAD
 
O Manual, dividido em três partes, foi desenhado como uma importante ferramenta metodológica a fim de preparar novos ativistas para atuarem no monitoramento nacional sobre o cumprimento da NBCAL e Lei 11.265/06. Os profissionais capacitados, além de agirem em seus municípios, serão importantes multiplicadores deste tema.
Na primeira parte são apresentadas informações teóricas sobre os objetivos da Estratégia Global para Alimentação de Crianças Pequenas; sobre a importância do aleitamento materno no contexto das políticas públicas e um breve histórico sobre a Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras (NBCAL), até os dias atuais com a publicação da lei 11.265 /06 e as subsequentes modificações. A segunda parte contém os resumos de algumas lições do curso de capacitação e a terceira traz todas as informações necessárias para realizar o monitoramento.

ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES E CRIANÇAS PEQUENAS EM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA:
ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES E CRIANÇAS PEQUENAS EM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA: MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA A COMUNIDADE, PROFISSIONAIS DE SAÚDE E GESTORES DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA HUMANITÁRIA.
 
2009
 
DOWNLOAD
 
As calamidades e emergências complexas têm um impacto devastador sobre a vida das pessoas. Repentinamente, elas perdem suas casas e são obrigadas a viver fora de seu local de origem, muitas vezes com a cisão abrupta da unidade familiar. O acesso aos serviços de saúde primários costuma ficar prejudicado ou completamente inviabilizado e os sistemas de saúde podem entrar em colapso. A água potável e os alimentos geralmente se tornam escassos, as condições de segurança precárias. Durante os desastres é preciso enfrentar o desafio de lidar com um grande número de pessoas em choque, muitas delas doentes, feridas ou traumatizadas por suas experiências. As mulheres e crianças são as vítimas que mais necessitam de cuidados. Muitas mulheres perdem seus maridos, filhos, pais ou parentes e, mesmo assim, precisam iniciar imediatamente o trabalho de reconstruir seus lares, de organizar o espaço para continuar vivendo e de cuidar dos membros mais frágeis da família. O impacto sobre as mulheres pode ser imenso, tanto físico quanto emocional e social. Atenção extra e cuidados especiais precisam ser oferecidos às mulheres com crianças pequenas, órfãos e gestantes.

RISCOS DE SE ALIMENTAR UM BEBÊ COM FÓRMULAS
UMA BIOGRAFIA RESUMIDA, COM NOTAS E COMENTÁRIOS
 
2009
 
DOWNLOAD
 
Quando não se pratica a amamentação exclusiva, as fórmulas infantis costumam ser usadas. Esta publicação traz exemplos de uma ampla gama de pesquisas que documentam a importância da amamentação, além dos riscos associados ao uso das fórmulas infantis.
A OMS recomenda a amamentação exclusiva durante os seis primeiros meses de vida, e a partir dessa idade, introdução de alimentos locais e ricos em nutrientes como complementação e a manutenção da amamentação até dois anos de idade ou mais.

ALIMENTAÇÃO INFANTIL – BASES FISIOLÓGICAS
 
1997
 
DOWNLOAD
 
Publicação da Organização Mundial da Saúde. Segunda edição em português realizada por IBFAN Brasil e Instituto de Saúde. Aborda aspectos relativos a: pré-natal e puerpério imediato, lactação, fatores de saúde que podem interferir na amamentação, desenvolvimento fisiológico do bebê e suas implicações para a alimentação suplementar, bebês de baixo peso ao nascer, o bebê e a criança pequena nos períodos de infecção aguda.

CODE WATCH – 25 YEARS OF PROTECTING BREASTFEEDING
Folder – em inglês
 
2006
 
DOWNLOAD
 
Why the Code is important – For most babies, exclusive breastfeeding for six months followed by continued breastfeeding, together with nutritious complementary foods, for two years or beyond is the key to health. Nearly all women can breastfeed if they are supported to be confident and aware of good techniques.Promotional practices undermine these skills through subtle marketing tricks and misinformation to health professionals, mothers and their families. Code implementation can stop this.

MANUAL PARA EXPLICAR AO PESSOAL DE SAÚDE O CÓDIGO INTERNACIONAL DE COMERCIALIZAÇÃO DE SUBSTITUTOS DO LEITE MATERNO
 
DOWNLOAD
 
Este manual é dirigido ao pessoal da área de saúde, tal como pediatras, parteiras, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e obstetras, que estão diariamente em contato com mães e bebês. Eles exercem grande influência sobre as atitudes e decisões das mães com respeito à alimentação do lactente, especialmente durante os primeiros dias após o nascimento do bebê, que são críticos.

ÉTICA E USO DE SUPLEMENTOS DO LEITE HUMANO
Artigo
 
Por Tereza Toma
2001
 
DOWNLOAD
 
A ética da utilização de suplementos do leite humano para recém-nascidos de baixo peso é discutida neste artigo.